sexta-feira, março 20, 2009

Análise de um diálogo-Boate

Numa boate, o seguinte diálogo acontece:
Ele-E ai!(Te quero!)
Ela-Oi...(Quer cheiro de bebida.)
Ele-Vamos dançar?(Posso te apalpar?)
Ela-Hum...por que não?(Meu Deus, ele quer me apalpar...)
Ele-VocÊ até que dança bem!(Como você é gostosa!)
Ela-Você também...(Vamos acabar logo com isso?)
Ele-Vamos conversar ali no canto?(Quero te beijar!)
Ela-Claro!(Qualquer coisa para que você pare de dançar assim.)
Ele-Me deixa te pagar um bebida?(Tá no papo...)
Ela-Claro!(Pelo menos esse trouxa me rendeu uma bebida de graça.)
Ele-Vamos até um lugar mais calmo?(Hum...)
Ela-Vamos, poderia me deixar em casa depois?(Economizo a grana do táxi.)

De manhã:
Ele-Nossa, ontem eu quase transei com uma gata.
Ela-Nossa, ontem um trouxa me pagou bebida e ainda me trouxe pra casa!




Espero as pedradas.

3 comentários:

Jean disse...

Muito bomm !! Hahaha !!
nada de pedradas, diálogo muito criativo !!
Parabéns cara !

Jean disse...

digno de boas gargalhadas e breves aplausos ! ;d

Licianne disse...

auhuahauhauhauh Muito criativo mesmo! Parabéns!